Bolsas biodegradáveis à venda esta sexta-feira nas lojas em homenagem a “Mãe Terra”

Nu ka kre bolsa plastico

Cidade da Praia, 21 Abr (Inforpress) - O presidente da Associação para a Defesa do Ambiente e Desenvolvimento (ADAD) anunciou hoje que as bolsas alternativas aos sacos plásticos, em homenagem a “Mãe Terra”, vão estar esta sexta-feira à venda nos supermercados “Calu&Ângela” .

Em declarações à Inforpress no âmbito do Dia Mundial da Terra, Januário Nascimento avançou que a intenção é conscientizar a população para a utilização de sacos biodegradáveis, visto que a lei entrará em vigor a partir de 01 de Janeiro de 2017.

“Nada melhor do que fazermos essa sensibilização no dia em que se assinala o Dia Mundial da Terra. Nós estamos a apostar na divulgação da legislação e é preciso difundi-la para que a regulamentação seja executável”, disse.

Ainda segundo o presidente da ADAD, em Cabo Verde a campanha a favor de bolsas biodegradáveis iniciou-se em 2011com um projecto-piloto que começou na ilha do Sal e que agora está sendo introduzido a nível do país.

A interdição de comercialização e utilização de sacos de plásticos convencionais começa a 1 de Janeiro de 2017 e a legislação penaliza os agentes económicos que insistirem nesta prática com coimas que vão de 50 mil a 400 mil escudos, para pessoas singulares, e entre 250 contos a 800 contos para pessoas colectivas.

Conforme o diploma, o produto das coimas reverter-se-á para o Fundo do Ambiente e será utilizado para o financiamento de campanhas de sensibilização e outras actividades para protecção do ambiente junto dos consumidores.

http://inforpress.publ.cv/