Conferência Nosso Oceano consegue compromissos de 5,3 mil milhões de dólares

Baleia00 1

Washington, 17 Set (Inforpress) - A terceira edição da conferência “Nosso Oceano”, que reuniu representantes de 90 países, encerrou na sexta-feira com compromissos de 5,3 mil milhões de dólares para conservar os oceanos e proteger 3,4 milhões de quilómetros quadrados de água.

“Para proteger os ecossistemas marinhos, prevenir a contaminação e enfrentar os efeitos devastadores das alterações climáticas, esta conferência sobre o oceano reuniu compromissos superiores a 5,3 mil milhões de dólares (4,8 mil milhões de euros) em dinheiro e iniciativas”, afirmou o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, durante o encerramento do encontro.

O Governo dos EUA, que criou em 2014, a conferência internacional “Nosso Oceano” para impulsionar políticas relacionadas com a pesca sustentável e o combate à poluição marítima, queria obter um bom resultado na última cimeira com Barack Obama na Presidência nos EUA.

O mandatário quis dar o exemplo ao anunciar na quinta-feira a criação da primeira área marinha protegida que os EUA estabeleceram na costa atlântica e que vai defender 12.725 quilómetros quadrados nas costas de Nova Inglaterra, onde a pesca e outras atividades humanas vão estar limitadas para preservar o ecossistema local.

Com esta contribuição e a de mais vinte países, a conferência encerrou-se, segundo o Departamwnto de Estado dos EUA, com a criação de “mais de 3,4 milhões de quilómetros quadrados” em águas marinhas protegidas, algumas das quais anunciadas já há algum tempo, mas anunciadas de novo por vários governos na conferência.

Kerry defendeu a ideia de que a conservação do oceano é um tema de “segurança nacional”, de “vida ou de morte”, porque os efeitos da contaminação dos oceanos e a pesca abusiva ou ilegal repercutem-se em todo o mundo.

Fonte: http://inforpress.publ.cv/ambiente